China REJEITA embargo e continuará fornecendo petróleo à Coréia do Norte

O que realmente aconteceu no Conselho de Segurança: A China continuará fornecendo à Coréia do Norte petróleo bruto nos níveis anteriores; o comércio transfronteiriço continuará.

Agora está claro que, desde que a Coreia do Norte realizou lançamento do ICBM (Míssil Balístico Intercontinental) Hwasong 15, complexas negociações tripartites entre os EUA, a China e a Rússia estão em andamento com grande sigilo, a fim de acordar uma nova resolução de sanções no Conselho de Segurança da ONU contra a Coréia do Norte.

Quase com certeza, as duas recentes conversas telefônicas entre o presidente dos EUA, Trump, e o presidente russo Putin, abordaram essa questão.

Pelo segredo incomum em que as negociações foram realizadas, quando a resolução de sanções foi finalmente acordada e votada por unanimidade pelo Conselho de Segurança da ONU, veio como uma surpresa.

No momento da votação, os Estados Unidos haviam deixado bem claro o tipo de pressão que o Conselho de Segurança da ONU e a China deveriam impor especificamente à Coréia do Norte: um embargo total de todos os suprimentos de petróleo para a Coréia do Norte, juntamente com um bloqueio naval e a cessação efetiva de todo o comércio entre a Coréia do Norte e o mundo exterior.coreia-do-norte-petroleo-2

Algumas considerações

O ponto importante a extrair da reunião do Conselho de Segurança da ONU é que a China novamente rejeitou essas demandas. Aqui é importante fazer uma série de considerações sobre o fornecimento de petróleo bruto chinês à Coréia do Norte.

  • Em primeiro lugar, o petróleo bruto é o único produto que a Coréia do Norte precisa importar para manter a economia em funcionamento, que ela não pode produzir. Além disso, é sabido que a Coréia do Norte tem armazenado petróleo bruto em antecipação a um possível futuro embargo de entregas de petróleo bruto, e que provavelmente poderá manter sua economia por algum tempo, embora a uma taxa reduzida, se o petróleo bruto for de fato cortado. Pelo contrário, a Coréia do Norte é capaz de refinar o petróleo bruto e pode sustentar sua economia se produtos de petróleo refinados como a gasolina forem cortados, desde que continue a ser abastecida com petróleo bruto em quantidade suficiente.
  • Em segundo lugar, todo o petróleo bruto que a Coréia do Norte importa vem da China.
  • Em terceiro lugar, parece que a China não exige o pagamento da Coréia do Norte por este petróleo bruto, que é essencialmente como um presente.

A principal disposição do texto desta última resolução de sanções votada por unanimidade pelo Conselho de Segurança da ONU é o parágrafo 4, que limita as entregas de petróleo bruto à Coréia do Norte em quatro milhões de barris por qualquer período de doze meses. Isso, no entanto, é bem menos que um embargo total do petróleo. Esta é a mesma quantidade que a China forneceu à Coréia do Norte no ano passado.

Em outras palavras, a China rejeitou novamente a demanda dos EUA por um embargo total do petróleo e, especificamente, por um embargo total de todos os suprimentos de petróleo bruto.

Mais demandas estadunidenses rejeitadas

coreia-do-norte-petroleo-1Além disso, o texto da resolução mostra que a China também rejeitou a demanda dos EUA por um bloqueio naval da Coréia do Norte. Em vez disso, foi introduzido um sistema complexo de inspeções de navios da Coréia do Norte suspeitos de importar produtos proibidos, que, no entanto, estará sujeito à supervisão final do próprio Conselho de Segurança da ONU.

Além disso, deixa claro que o comércio transfronteiriço entre a China e os comerciantes privados da Coreia do Norte, que se tornou cada vez mais importante para a economia norte-coreana, continuará como antes.

No entanto, a resolução irá endurecer significativamente as condições econômicas da Coréia do Norte. O ponto-chave é que, embora a Coréia do Norte seja capaz de refinar seu próprio petróleo, agora deve fazê-lo a partir do petróleo bruto que importa, que agora está limitado aos níveis do ano passado.

Texto retirado do original em inglês: http://theduran.com/actually-happened-security-council-china-rejected-oil-embargo-north-korea/

Comente!